segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ah, a Natureza...


Como as plantas podem nos trazer tanta felicidade, ? Estas orquídeas foram uma surpresa maravilhosa para mim neste final de ano...
Quando mudamos aqui para o nosso apartamento, em Abril de 2007, achei em uma das floreiras um vaso de orquídeas jogado, todo seco e bem tristinho... peguei os galhos e amarrei nestas arvorezinhas que também já moravam na minha cobertura, judiadinhas as pobrezinhas.
Elas se enraizaram no caule, se desenvolveram um pouco mas nada de flores, já estava pensando que elas nunca chegariam... quando numa manhã subi lá em cima e eis que estas três lindezas estavam lá me esperando, foi uma emoção senhoras e senhores!

E nesta semana recebi um e-mail de Rafael Coutinho, do Flores Blog que conheceu meus blogs e pediu a permissão para escrever um artigo aqui sobre o assunto, então agora quem vos escreve é o Rafael:

Flores românticas

As flores são consideradas as melhores amigas de uma mulher, pois sempre que presenteadas com uma flor o sorriso é instantâneo e o humor certamente é modificado. As flores podem representar vários momentos na vida das pessoas, principalmente os românticos. Muitos apaixonados mandam flores para sua amada, um gesto que perpetua o mais nobre dos sentimentos dos seres humanos o amor, pois quem ama oferece flores.

Quando dar flores

Para a maioria das pessoas é necessário que seja uma data especial para poder oferecer flores a alguém, mas não é preciso que seja uma comemoração, por exemplo, as rosas podem ser oferecidas por um namorado romântico em qualquer dia a qualquer hora, basta querer expressar os seus sentimentos. Dizem que homens românticos estão em extinção e é verdade, podemos chegar a essa conclusão observando que os mais velhos guardam consigo o romantismo da mocidade, ao contrario dos jovens atuais.

Quais são as flores românticas?

Toda e qualquer flor é romântica, basta que seja oferecida com sentimentos românticos. Não é necessário que a rosa seja considerada a única flor romântica, ou a mais romântica, pois as orquídeas fazem grande sucesso com as mulheres e também é romântica. O mesmo acontece com as outras espécies de flores, pois todas têm em sua essência o romantismo e a delicadeza que agrada os apaixonados.

Quem oferece flores?

Toda e qualquer pessoa pode oferecer buquês de flores, o que não é muito de costume se ver as mulheres oferecerem flores ao seu parceiro seja ele namorado ou marido, mas as tendências são para que esse quadro se modifique, pois com as mulheres a frente nos negócios e em cargos importantes deu a elas o direito de sentirem-se capacitadas e sem preconceito de oferecer flores em todo e qualquer momento e para quem elas quiserem. As flores são o retrato da alma dos amantes, por isso ofereçam flores sempre por toda vida.

Agradeço ao Rafael por esta colaboração, e diga-se de passagem, ele é meu primeiro "correspondente"... rs... gracias!

E desejo a todos que por aqui passarem nos próximos dias que neste próximo ano todos os galhinhos secos que estiverem atravancando seu caminho se transformem em lindas orquídeas, um novo ano bem florido e cheio de coisas boas... Feliz 2010!!!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

domingo, 20 de dezembro de 2009

Quarto Domingo do Advento...


Último domingo antes do Natal, hora de acender a última vela do arranjo do Advento.
São quatro velas que vão sendo acesas desde o começo do Advento, a cada domingo você acende mais uma e assim vai percebendo que o Natal se aproxima. Montei o meu utilizando uns porta-ovos que que enfeitei com fitinhas...


... e coloquei sobre um prato que ganhei há muitos anos de uma pessoa muito querida, que chamava Severina e já subiu para o andar de cima.


Do ladinho do prato fica uma jarrinha que montei inspirada num blog muito fofo, o Fräulein Klein.

Mais de pertinho para vocês verem melhor o pipi,
o "Sagrado Coração de Jesus" e a "Mãezinha do Céu".


Bom Quarto Domingo do Advento para todos!

sábado, 19 de dezembro de 2009

A Árvore...


E está aí minha Árvore de Natal deste ano. Queria uma árvore de verdade, como quando éramos pequenos lá em Luzerna e quando estava chegando o dia do Natal o pai saía para o mato para procurar um pinheiro para enfeitarmos. Como não dá para ir pro mato agora, fomos para a Floricultura...


eu, Kátia e Flora, mas até achar a do tipo que eu queria e do preço que eu podia... rs, fomos à umas três, a Flora não aguentou a via-sacra natalina e caiu no sono.


Chamamos a galera para um churrasquinho,

e para enfeitar o Tannenbaum (pinheirinho de natal em alemão). Vieram a Oma, Opa, Agui, Soninha, vó Ana (e a Kátia que não aparece na foto).


Hora de tirar os enfeites do armário e acender as velas do arranjo do Advento (são só três velas acesas pois ainda estávamos na terceira semana).

Primeiro passo: colocar as luzinhas ou pisca-piscas.

Não pode faltar a estrela bem no alto.

Depois vem as bolas e as mandalas de papel.


E esta pronta a árvore mais linda do mundo: a da nossa casa!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Dois Anos da Florinha...


Minha pequena fez dois anos e nós fizemos a festinha em novembro, mas eu esqueci esta postagem, fui dar uma olhada no "editar postagens" e achei este rascunho lá no meio.
Nesta foto ela aparece com os presentes favoritos que ganhou: O Astolfo, porquinho do Cocoricó, e um carrinho de compras das Princesas...rs.


Ta aí a mesa dos doces, o Tema da Festa foi "Flora no Mundo de Lúminus", segundo a própria aniversariante foi o planeta do qual ela veio... rs.


E esta é a Princesa Flora, feita pela tia Kátia e tia Soninha... o resto da turma ajudou em tudo um pouquinho e a Oma fez o bolo, que estava "supimpa"!


Eu e a pituquinha antes de cantar o "Parabéns".

E esta foi a lembrancinha deste ano, um livro de colorir com ilustrações das minhas irmãs, sobre o tema da festa e uma caixinha de lapis de cor, pra criançada se divertir em casa.


Esta é uma das ilustrações do livrinho feita pela tia Soninha.
Foi um dia muito divertido!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Schmier...

... lê-se chmía, mas a gente fala chimía mesmo... rs. É um dôce de frutas que os descendentes de alemães fazem com a produção de frutas que não é consumida in natura. Fazem também muita compota de frutas, mas a chimía é usada para se comer com pão, nós aqui no sul fomos criados na base de "pão com chimía e nata".

E as "frutas da época" agora são uma lindeza e uma delícia... a gente se empolga tanto no sacolão que acaba comprando demais e não dá conta de consumir tudo, então o jeito é fazer chimía.
Eu aqui usei pêssego, ameixa e moranguinho. Você descasca, tira os caroços e pica. Coloca em uma panela com um pouco de água e açúcar a gosto, Algumas pessoas passam no liquidificador até formar uma pasta, mas eu prefiro ela pedaçuda mesmo. Deve ferver, mexendo de vez em quando até que ela comece a desgrudar do fundo da panela.


Ela ficou tão gostosa que começamos a comer quente mesmo e de colher, sobrou só este pinguinho que coloquei no potinho amarelo. Uma sugestão de acompanhamento é este creme feito à partir de iogurte natural, que ensino a fazer outra hora, ok?


Ah, e estes potinhos de fruta também são uma fofura, ? Deixam a mesa mais divertida!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Torta de limão...


Neste final de semana que passou tivemos um jantar de confraternização no meu condomínio.
Acho super importante este tipo de integração entre vizinhos, ainda mais nos dias de hoje que a gente normalmente não sabe nem quem mora em cima ou em baixo de você, em muitos casos nem quem mora na porta em frente à sua. No meu caso, ainda continuo sem saber quem mora em baixo de mim porque este morador não foi, e em cima só tem a imensidão do universo, pois moro no sexto e último andar, mas conheci várias pessoas com quem nunca havia cruzado e algumas que só havia cumprimentado e não sabia nem o nome...
Fiquei responsável por levar uma torta de limão para a sobremesa, que é aquela ali da foto, que decorei com uma fita e com a estrelinha e coração natalinos, mas a receita vai agora:


Massa:
100 gr de manteiga
2 colheres (sopa) de açúcar
2 gemas
Farinha até dar ponto para abrir a massa.
Misture todos os ingredientes e abra a massa em um disco que cubra uma forma de fundo falso, com uma pequena aresta dos lados, faça furos no fundo da forma com um garfo e coloque no forno para dourar.

Recheio:
1 lata de leite condensado
1/2 xícara de suco de limão
Misture bem estes dois ingredientes e coloque sobre a massa já assada.

Cobertura:
2 claras
6 colheres(sopa) de açúcar
Bata as claras em neve, até que forme picos duros, então acrescente aos poucos o açúcar, sempre batendo. Cubra a torta com este glacê e se gostar coloque raspas de uma casca de limão. Leve ao forno bem quente para dourar este glacê.


As comidas estavam todas muito gostosas e feitas com todo capricho pelos meus vizinhos.
Teve cantoria, amigo secreto e muita conversa.


A Flora se divertiu muito e aparece na foto ouvindo as historinhas que o Estevão leu pra ela.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Pra não dizer que não falei do Natal...


Na postagem anterior falei que ainda não havia postado nada sobre Natal aqui e indiquei meu outro blog para verem as almofadas que fiz, mas daí resolvi postá-las aqui também para vocês que entram por aqui, ? Não custa nada e elas estão tão bonitinhas (mãe-coruja! rs) e deram tanto trabalho pra costurar que "vale a pena postar denovo"!
Bom Terceiro Domingo do Advento para todos!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Óinc, Óinc...


A esta altura do campeonato eu já deveria estar postando coisas natalinas, mas por enquanto só consegui fazer umas capas de almofadas que já postei no meu outro blog.
Mas esta semana fiz pão novamente, aquela mesma receita de pão pita integral que postei há alguns dias, e sairam estes porquinhos para a Flora.


Na verdade ela não pode me ver mexendo com alguma massa, que ela tem que ganhar um pedacinho para amassar e no final sempre construimos algum bichinho para ela.


E fica uma belezinha, ? Ainda mais com a barriguinha e o focinho assim corados...


A Flora acordou no dia seguinte e queria logo ir tomar o café da manhã, pra comer "porquinho com creme"... rs.


Se seus filhos não gostam muito de comer, vale a pena usar a criatividade e deixar as comidinhas do dia-a-dia mais divertidas!

domingo, 8 de novembro de 2009

Com Açúcar, Com Afeto...


... já cantava Chico Buarque de Hollanda!
E não precisa esperar dia especial estipulado por outra pessoa...
qualquer dia é dia pra se fazer um agradinho para a pessoa amada!
E olha que facinho e rapidinho de fazer este coraçãozinho de açúcar em cima do bolinho:


Pegue um quadrado de papel que cubra o bolinho ou a fatia de bolo.
Dobre no meio e corte um coração. Coloque o papel cortado sobre o bolinho e com uma peneirinha faça uma chuvinha de açúcar sobre o coração,


retire o papel com cuidado e voilà:

Experimente! No mínimo um beijo bem açucarado você vai ganhar!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Menina Prendada no Cyber Cook...

Hoje fiquei toda prosa com o e-mail que recebi... nosso humilde bloguinho foi indicado no Cyber Cook, com o título "Aqui tem Comida da Boa", se quiser dar uma conferida é só clicar aqui:


Um abraço e até a próxima, e obrigada ao pessoal do Cyber Cook pela indicação!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Palitos de Nata...


Aqui em casa eles são carinhosamente chamados de "Balitos te Nada ta Falesca"... rs.
Já falei uma vez da Valesca aqui, ela é uma figura folclórica e queridíssima da minha família.
E estes "palitos de nata" são mais uma das receitas famosas dela... com uma mudancinha minha, que é farinha integral, que sempre que posso utilizo.


Então vai lá, você vai precisar:
1 pote de nata
A mesma quantidade de leite
1 colher (sopa) rasa de sal
1 colher (sopa) rasa de açúcar
1 colher (sopa) rasa de fermento químico
Farinha (uso 1 xíc. de farinha integral e o restante de farinha de trigo branca) até dar ponto de amassar, como na foto abaixo:


Sove a massa até que ela fique lisa, como abaixo:

Deixe-a descansar por uns 10 minutos.


Com rolo de massa, abra-a na espessura que desejar, quanto mais fina mais crocante o palito.


Se desejar salpique sementes, eu usei em alguns gergelim e em outros semente de girassol. Mas o que na minha opinião ficou mais gostoso foi com queijo parmesão ralado. Outra opção possível é sal grosso.


Após salpicar, passe mais uma vez o rolo para que a semente penetre na massa.


Com um cortador de massa faça os palitos.


Arrume-os em uma assadeira untada e asse em forno bem quente, até que dourem.


E sempre tenha ao lado uma ajudante que espalhe farinha pela cozinha inteira... rs.