quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Diretamente de Luzerna...

Esta na foto, com a Vlorinha no gólo, é a Falesca...

Este na foto é o Gafé Golonial ta Falesca...

Isto na foto é a rosca ta Falesca...

Isto no babél é a receita ta rosca ta Falesca...

A Valesca é uma prima do meu pai (o Horn Heinrich, como ela o chama...), e é uma figura ímpar não tem nem como descrevê-la, só conhecendo.

Ela fala daquele jeito que eu escrevi aí em cima (sob as fotos), e aquela receita da rosca foi ela quem escreveu, mais ou menos como ela fala ela escreve, então, vou traduzir a receita aí em baixo pra quem quiser fazer esta maravilha da Cozinha da Valesca:

1/2 kg de porvilho azedo
2 ovos
1 copo de leite
1/2 copo de óleo
um pouco de sal
1 copo de água fria

Modo de fazer

Ferver o leite e o óleo e jogar em cima do porvilho,
mecher bem e depois bater os ovos com o sal
e daí misturar a água e jogar em cima.

Ela me disse que a massa fica mole, então ela coloca a massa às colheradas uma ao lado da outra para formar as roscas e assa em forno bem quente até elas dourarem.
Gut Apetit!

2 comentários:

Feltro em casa disse...

Oi Bárbara!
Que receitinha bem boa!!! A foto da rosca está uma coisa de louco!!!Fiquei com a boca cheia d"água!!!
Vou "tentar" fazer a rosca, tomara que fique bem boa!!!!Quando eu era criança (beeeeem criança, uns 4-5 anos...) meu pai sempre me comprava rosquinhas de polvilho para assistirmos aos jogos de futebol!!!!Malú

Dé Bee Júh disse...

Que bacana!
Sempre fuçei e nunca comentei, eu acho, pelo menos...

Adoro figuras folclóricas familiares. Adoro os conselhos, as confisões e o jeito de pedir carinho que todos eles tem...

Pensei até em escrever algo sobre a Tia Linda... quem sabe?

Amei o post, e copiei a receita.