terça-feira, 1 de julho de 2008

Schrotbrot...

O nome é estranho, mas o pão é delicioso e super saudável.
Eu me sustentei por um bom tempo da minha vida fazendo ele pra vender (na Feirinha do Largo da Ordem). Sempre vi minha mãe fazendo Schrotbrot, mas esta receita fui eu quem desenvolvi.
A farinha de Schrot é uma farinha grossa, que não passa por nenhum tipo de refinamento, é praticamente o trigo quebrado, totalmente integral. Além dele, no pão, vão muitos outros grãos, que o deixam um pão bem pesado e substancioso.
Vamos à receita:
1kg de Schrot de Trigo (encontrado em casas de produtos naturais)
600gr de farinha de trigo integral fina
400gr de farinha de trigo
200gr de linhaça
100gr de colza
100gr de gergelim
250gr de semente de girassol ou alguma castanha
6 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de sopa de sal
2 colheres de sopa de fermento seco para pão
água morna (vai mais ou menos um litro)
Coloque todos os ingredientes secos em uma bacia grande e misture-0s bem.

Vá adicionando a água morna, até a massa ficar firme mas bem pegajosa, ela gruda nas mãos mesmo, se você deixar a massa muito dura seu pão vai virar uma pedra, pois ele tem muitas sementes que vão absorver esta água durante o crescimento.

Essa massa vai ficar descansando por 1 hora mais ou menos, então você volta a amassá-la e coloca dentro de formas. Eu uso latas de óleo vazias, que transformei em formas, mas você pode usar qualquer forma de pão. Ela vai crescer por mais uma hora novamente.

Então leve ao forno e asse até o pão corar, uma dica para saber se está assado é dar soquinhos sobre ele, se tiver um som de oco é que já está assado.Gut Apetit!

6 comentários:

Feltro em casa disse...

Humm, parece apetitoso, tu assou ele onde? Tem forma assim? Nunca vi. Adorei o formato!!!Beijos,
Malú

Feltro em casa disse...

Eu e o meu DDA, nunca leio nada direito. Agora já sei: Latas de óleo!!!Muito bem Malú. Leia de-va-gar!!! Beijos denovo.

Coisa de Pano disse...

Isto aí Malú...rs...lata de óleo, vou ensinar a transformar a lata na forma, tá? Bjs!

Claudia disse...

Olá Barbara,
Fiquei muito feliz de encontrar esta receita porque era sua cliente la da feirinha quando morava em Curitiba. Depois que me mudei visitei a cidade e fiquei triste de não encontrar mais este pão maravilhoso. Agora o estou fazendo! Muito obrigada. Só fiquei com uma dúvida. O que faço gruda completamente na forma. Tem alguma dica para evitar que se despedace todo tentando tirá-lo da forma?

Sou Manu disse...

OI Bárbara! Adorei sua idéia!!! Estou tão ansiosa para fazer que dormi tendo várias outras idéias hehe Se der certo, depois te conto. AH! Publiquei sua idéia lá no meu blog aameliadepolainas.blogspot.com

Sou Manu disse...

Amei! Como não tinha ingredientes para fazer o pão, acabei assando um bolinho de cenoura. Ah! Também não encontrei por perto a lata de azeite e acabei substituindo por uma lata maior de extrato de tomate. Deu tudo certo. Obrigada!